Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.
Lotogipo - www.soplaar.com - Rede social de conhecimento e cultura
Seja bem-vindo Administrativo - Soplaar Quero me cadastrar   -    Esqueci senha
Email
 
 









Página Literária - Espaço do Leitor


Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 5
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto

ANDRE RANGEL - andarilho

Tipo: Crônicas

Autor:
ANDRE RANGEL (andarilho)
Código texto: 39 - O poder da palavra

No princípio Deus criou os céus e a terra. Era a terra sem forma e vazia; trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. Disse Deus: "Haja luz", e houve luz. Gênesis 1:1-3
E se você se aventurar a continuar sua leitura pela Bíblia, vai perceber que em todo o tempo, toda a criação (excetuando de forma efetiva o ser humano) foi construída a partir da palavra. A coisa toda é tão profunda que Deus refere-se ao seu próprio filho e a si próprio como “o verbo” ou “a palavra” (na nova versão internacional):
“No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. ” João 1:1
E todo esse poder, toda essa potência foi confiada a nós. E em nosso ímpeto nem sempre a utilizamos da forma correta. A mesma palavra que pode construir mundos e descortinar universos, é usada para abater, dizimar e desconstruir realidades.
O mau uso da palavra pode matar uma pessoa. Pode marcar sua personalidade, pode te fazer pensar que você tem menos valor do que realmente tem. Pode te fazer desistir ou até mesmo nem tentar.
Algumas palavras mal ditas (e talvez malditas) já me derrubaram, já me venceram e me convenceram a desistir muitas vezes. Uma das coisas que me veem à cabeça é que essas palavras marcantes do ponto de vista negativo, quase sempre vêm de pessoas q ue você ama e preza. Talvez de seu pai, da sua mãe, de amigos queridos e próximos. Nem sempre as intenções ao proferir as palavras tenham sido as piores, mas o adágio popular afirma que de “de boas intenções o inferno está cheio”.
E eu tão acostumado a ser ferido por elas, tão atingido e magoado, me vejo também como algoz. As palavras que disse e que magoaram se voltam diariamente contra mim. Se pedir perdão é uma válvula de escape, algumas vezes, esse pedido pode ser simplesmente negado.
Eu me arrependo de muitas coisas que disse. Me arrependo dos perdões que não pedi. Das palavras que não disse e por aí vai. Mas o que mais me corrói são as palavras que eu proferi e magoaram quem simplesmente não merece.

Publicado no site: www.soplaar.com em 26/10/2015
Código do Texto: 39

Total de visualização: 469


Comente esse texto:


Digite o código de validação!

Texto
Data
Total Visualização
Total Votos
140 BPM
20/10/2015
473
9
Apenas mais um desabafo
20/10/2015
404
14
O poder da palavra
26/10/2015
469
5
“O futuro não é mais como era antigamente (...)”
21/10/2015
428
8