Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.
Lotogipo - www.soplaar.com - Rede social de conhecimento e cultura
Seja bem-vindo Administrativo - Soplaar Quero me cadastrar   -    Esqueci senha
Email
 
 









Página Literária - Espaço do Leitor


Textos & Poesias
Imprimir

Total Votos: 14
Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto

ANDRE RANGEL - andarilho

Tipo: Crônicas

Autor:
ANDRE RANGEL (andarilho)
Código texto: 31 - Apenas mais um desabafo

É apenas mais um recomeço. Tantas vezes já parei, tantas outras desisti, outras mais ainda, insisti. Escrever é um prazer do qual me abstenho com alguma facilidade. Aos 10 anos eu tinha sonhos simples: ser o homem-aranha (implicando nisso ser fotógrafo e herói – além de possuir um alter-ego) e me tornar um escritor. Os escritores, em minha visão infantil e romântica, seriam quase como seres superiores, domadores das palavras, pessoas com o poder de captar, processar e expressar o pensamento e, principalmente, os sentimentos humanos.
Peter Parker ganhou suas habilidades aracnóides ao ser mordido por uma aranha radioativa, já os escritores e os artistas de uma forma geral são picados por uma mitológica “mosca azul” e eu tive que me contentar com os pernilongos e os aedes aegypt. Não tinha talentos corporais suficientes para me pendurar em teias ou cordas e praticar os mais fantásticos malabarismos, também não sabia fotografar. Aliás, a bem da verdade, aos 10 eu nunca tinha tido uma experiência com uma máquina fotográfica, uma vez que meus pais não possuíam condições financeiras para tanto.
Hoje ajudado por inúmeras revoluções que alteraram todo o conceito de mundo e de realidade, consigo realizar meus sonhos infantis, não sou um escritor mas publico minhas idéias em um blog que fica disponível na internet para qualquer um a qualquer momento – muito embora ninguém leia isso aqui. E se ainda não consigo ser o portador dos sentimentos e reflexões do mundo, ao menos consigo desafogar a alma naqueles momentos em que absolutamente nada faz sentido.
Não sou o Sebastião Salgado e nem o Cartier, mas também procuro mostrar as coisas como eu as vejo através da fotografia, faço cobertura de eventos, eternizo momentos, congelo a felicidade de alguns e contemplo a tristeza de muitos. Também gosto de brincar de design, de criar, formar coisas, trazer à existência as idéias antes etéreas. Acredito que ao criar desenvolvo ou deixo transparecer uma parcela do dom de Deus. Deus é o Supremo Designer o criador de tudo o que existe no universo e nos dotou dessa incrível capacidade de trazer à realidade aquilo com o que apenas sonhamos.
Um dos sonhos que não realizei foi o de ser o homem aranha.

Publicado no site: www.soplaar.com em 20/10/2015
Código do Texto: 31

Total de visualização: 413


Comente esse texto:


Digite o código de validação!

20/10/2015 02:32:18
Cláudio Joaquim dos Santos Braga - Cláudio Joaquim
Show!!! Um SUPER texto. Parabéns!
Comentado por:1 - Data Cadastro: 20/10/2015 02:32:18

Texto
Data
Total Visualização
Total Votos
140 BPM
20/10/2015
484
9
Apenas mais um desabafo
20/10/2015
413
14
O poder da palavra
26/10/2015
487
5
“O futuro não é mais como era antigamente (...)”
21/10/2015
444
8